.

 

MULHERES FUMANTES SÃO PRETERIDAS PELOS  


.
 "Homens rejeitam mulheres fumantes, observam agências especializadas em formar casais. Para participar, os candidatos preenchem uma ficha de cadastro, onde é exigido informar se são ou não fumantes. A partir desses dados, os interessados escolhem o perfil de namorado(a) que mais interessa.

 

 Levantamento realizado por uma agência de Campinas (SP) com cerca de 3.500 clientes mostra que 63% dos homens, inclusive fumantes, não aceitam mulheres que fumam. E, segundo um site especializado em encontros que tem 2,1 milhões de clientes cadastrados, a taxa de rejeição dos homens às mulheres que fumam é em torno de 30%. "As mulheres aceitam mais o cigarro do parceiro, mesmo quando não fumam. O homem é mais exigente", diz Guilherme Oliveira, 33, sócio do site. 

 

Os motivos alegados para recusa são vários: desde o gosto do beijo até o risco da mulher fumante se tornar infértil. "Os homens comentam que beijar mulher fumante é a mesma coisa de beijar cinzeiro", diz a microempresária Ana Duarte, 25, fumante há dez anos. É exatamente essa a alegação do advogado Júlio Santana, 24, para justificar o fato de não namorar fumante. "Mesmo chupando bala e chicletes, o gosto de nicotina não sai da boca. É um horror."

 

A empresária Lilian Simões, 38, ex-fumante, conhece bem os dois lados dessa moeda. Ela deixou o cigarro há nove meses - costumava fumar desde os 14 ano s- e percebe que agora está sendo mais cortejada pelos homens. Durante um ano, período que esteve "fichada" como fumante, só um homem quis conhecê-la. Nos últimos quatro meses, como não-fumante, teve quatro pretendentes. "Tem até ex-namorado querendo experimentar o meu beijo sem nicotina", conta, rindo.  

Fonte : Folha de São Paulo” 

VER MAIS

 

.

.