.

 

MATOZINHOS
 

HISTÓRIA DA CIDADE
Da fundação da cidade no século XVIII, Matozinhos conserva algumas igrejinhas e a sede da estação da Estrada de Ferro Central do Brasil, no estilo colonial mineiro. A Fazenda Jaguara, fundada em 1724, é um dos mais importantes estabelecimentos rurais do período. Um belo casarão se encontra na propriedade, com casa de agregados, dependências de marcenaria, carpintaria, engenho, moinho d`água e galpões. Uma grande relíquia ainda se impõe no lugar: as ruínas da Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Jaguara, uma das poucas obras totalmente atribuídas ao mestre Aleijadinho - da construção ao acabamento - da qual apenas a fachada ainda resiste de pé. Ainda nas terras da fazenda, em meio à densa vegetação do alto da colina, vê-se um castelo construído no início do século passado pelo inglês George Chalmers. A região oferece hospedagem em um excelente hotel-fazenda, que leva o mesmo nome: Jaguara. Dentro do território montanhoso de Matozinhos, está o Pico da Roseira, com 1.011 metros de altitude, o ponto mais elevado da região, onde se encontra também a nascente do Ribeirão da Mata.
Gentílico
 
Significado do Nome

A cidade surgiu em torno da Igreja Senhor Bom Jesus do Matozinhos, padroeiro do lugar, logo após sua imagem ter sido encontrada nas ruínas do acampamento da bandeira de Dom Rodrigo de Castelo Branco.
(Fonte: http://www.ferias.tur.br/informacoes/3401/matozinhos-mg.html)
 

.